Livro Marcelo Vitorino sobre marketing político digital já está à venda

“Coisas que todo profissional que quer trabalhar com marketing político digital deveria saber” é o título da nova publicação do especialista e professor de marketing e comunicação política Marcelo Vitorino.

Segundo o autor, o conteúdo é uma das formas de orientação para as equipes de trabalho que coordena e também para quem deseja trabalhar no campo do marketing político digital.

O livro começa  contextualizando o novo mercado de marketing político digital e os desafios postos não apenas aos candidatos, mas também a sua equipe. É indicado a todo profissional que deseja atuar em marketing e comunicação política digital, dividido em  cinco capítulos que abordam:

  1. As mudanças que nos trouxeram até o cenário atual
  2. Imersão no ambiente político
  3. Imersão em marketing e comunicação digital com foco no uso para política
  4. Imersão em tecnologia
  5. Os principais aspectos da legislação eleitoral em relação ao digital

Ana Lisboa, aluna de Vitorino defende que “o livro é uma das peças que faltavam no mercado brasileiro. Muitos profissionais ainda acreditam que práticas usadas em outros países são a solução para o mercado brasileiro. Este pensamento está errado. Nossa cultura exige outras soluções  e livro é um marco para a formação do pensamento brasileiro sobre o tema”.

“Coisas que todo profissional que quer trabalhar com marketing político digital” está disponível para compra nos formatos impresso e digital.

Para aquisição do formato impresso do livro, você pode acessar diretamente o site da editora Matrix, neste link.

Para o fomato kindle, a compra deve ser realizada na loja da Amazon.com.

Tem disponível também o formato e-pub no Google Play.

Sobre o autor Marcelo Vitorino

Marcelo Vitorino já desenvolveu projetos em campanhas eleitorais de todos os pleitos no Brasil, de vereador à Presidência da República.  Reconhecido como o principal estrategista digital de campanhas eleitorais, foi responsável pelas campanhas digitais Kassab 2008 (SP), Confúcio Moura 2015 (RO) e Crivella 2016 (RJ). Em 2010 coordenou a campanha digital de Orestes Quércia para o Senado, bem como a do Rodrigo Garcia para deputado federal. É professor no Centro de Inovação e Criatividade da ESPM em São Paulo e na escola de marketing digital Presença Online.

 

Quer aprender a planejar e executar cada ação de marketing político?

A Presença Online é a primeira escola do Brasil especializada em marketing político. Com professores referências no assunto, como Marcelo Vitorino e Natália Mendonça oferece diversos cursos para agências e profissionais que atuam no planejamento e realização de uma campanha eleitoral.

Conheça o Guia do Marketing Político:

Maíra Moraes

Maíra Moraes

Coordenadora do MBA em Comunicação Governamental e Marketing Político no IDP-Brasília. Doutoranda em Comunicação e Sociedade na Universidade de Brasília (UnB), pesquisa a genealogia do conceito "fake news" buscando compreender os regimes de verdades construídos no contemporâneo. É gerente de projetos certificada PMP®, especializando-se na implementação de metodologias híbridas (presencial e a distância) de educação em redes públicas estaduais e municipais.

leia mais

Mais artigos do autor:

Leia mais

05 de junho de 2020

Maíra Moraes

Saiba como produzir fotos e vídeos para usar na campanha eleitoral, utilizando apenas um aparelho celular, seja qual for a marca.

Leia mais

17 de maio de 2019

Maíra Moraes

Fernanda Camargos, profissional de marketing político, apresenta sua experiência no tema no evento "Campanha de Mulher", em Brasília.

Artigos Relacionados:

Fabiana Vitorino - Pré-candidatos podem impulsionar conteúdos em pré-campanha? Leia mais

15 de dezembro de 2021

Fabiana Sampaio

Candidatos precisam ter cuidado para não ter problemas com a legislação eleitoral ao fazer impulsionamento antes do período eleitoral

Tendências e bons usos do TikTok no marketing político Leia mais

09 de dezembro de 2021

Claudia Guimarães

Um artigo sobre tendências e bons usos do TikTok no marketing político, que vão além das famosas dancinhas e dublagens. Leia o artigo completo