Atualização dos termos de privacidade do WhatsApp: o que você precisa saber?

Já começamos o ano com uma novidade do WhatsApp. O mensageiro começou a notificar seus usuários sobre uma mudança em suas políticas de privacidade, que entrarão em vigor no dia 08/02/2021.

A mensagem para a adesão ao novo pacote de regras do aplicativo não é muito clara sobre os dados que poderão ser compartilhados com empresas parceiras e suas implicações. Vou explicar tudo isso um pouco mais adiante.

Como os novos termos de privacidade do WhatsApp podem afetar o marketing político

Tenho recebido questionamentos como esse em meus canais e acho válido falarmos sobre possíveis desdobramentos que essa mudança pode, de fato, trazer aos eleitores e na forma como utilizam este aplicativo.

Em oportunidades anteriores, em que o WhatsApp apresentou problemas e instabilidades, outros aplicativos tiveram a chance de cair nas graças dos brasileiros e isso não aconteceu. O Telegram cresceu de forma exponencial, mas não se popularizou a ponto de sar uma ameaça ao principal concorrente.

Esse cenário serve para demonstrar a força que o WhatsApp tem quando o assunto são os mensageiros instantâneos. Será que as novas políticas assustarão tanto assim aos usuários?

Acredito que não!

O nosso eleitor, lá na ponta, não vai abrir mão das facilidades oferecidas por um produto que já conhece e que o conecta a sua rede de contatos com facilidade, para se aventurar em novas plataformas desconhecidas.

Portanto, do meu ponto de vista, não há com o que se preocupar – por enquanto.

Mandatos e instituições devem investir em novos aplicativos?

Depende.

Sempre digo que não se deve abrir um novo canal se sua equipe não tem condições de dar a ele a devida atenção, mas, num cenário positivo, é sempre válido marcar presença nos ambientes de interação com seu público.

As novas políticas de privacidade do WhatsApp podem sim espantar alguns usuários, e é bom que você esteja inserido nas plataformas alternativas.

Qual é a alternativa para quem não aderir às políticas de privacidade do WhatsApp?

De forma cordial, a mensagem que carrega o aviso da mudança das políticas de privacidade do WhatsApp deixa claro que, a partir de 08 de fevereiro, todos aqueles que não tiverem interesse em aceitar os termos impostos pela empresa, podem buscar a central de ajuda e apagar sua conta.

Quando o assunto são as empresas Facebook, vale sempre lembrar que “não existe almoço grátis”.

Gravei também um vídeo sobre isso no meu perfil do Instagram em que falo sobre marketing político digital e relacionamento com o eleitor. Vale conferir!

 

 

Avatar

Fernanda Camargos

Flipboard

Publicitária especializada em Marketing pela USP, atuou na gestão da comunicação digital de mais de 10 clientes dos mais diversos cargos eletivos. Atualmente trabalha com foco na área de análise de dados, construção de reputação digital e relacionamento com o eleitor.

leia mais

Mais artigos do autor:

pessoas apertando as mãos para simbilizar as alianças frutos de coligações partidárias Leia mais

24 de outubro de 2019

Avatar

Para as eleições de 2020, estão vetadas as coligações partidárias para o cargo de vereador. Saiba como esta mudança afetará sua candidatura!

imagem com pilha de livros sobre marketing político Leia mais

08 de abril de 2019

Avatar

Trabalha ou quer trabalhar com marketing político? Separamos uma lista de títulos muito importantes para quem se interessa pelo tema. Confira!

Artigos Relacionados:

banner-fincop-marcelo-vitorino-cupom Leia mais

19 de abril de 2022

Nataly Maier

Evento de marketing político reunirá mais de 20 palestrantes de 7 países para discutir as eleições de 2022. Garanta sua inscrição.

Capa do livro Os engenheiros do caos Leia mais

13 de abril de 2022

Mariana Bonjour

Os engenheiros do caos. Veja uma análise da obra que analisa a influência de fake news, teorias da conspiração e algoritmos na política.