O que esperar de aplicativos de mobilização de militantes

Está procurando um aplicativo de mobilização de militantes? Tenho algumas coisas a dizer.

É preciso ter em mente que até mesmo militantes bem envolvidos em uma causa, não acordam pensando: “o que vou fazer hoje para ajudar meu candidato”. Em meio a contas para pagar e seus compromissos pessoais, militantes acabam “esquecendo” de fazer as tarefas combinadas e precisam ser lembrados sempre que possível.

Desde que migrei da campanha de rua para a digital, em 2008, procuro formas de mobilizar militantes com finalidade eleitoral. O fiz por todos os meios possíveis: SMS, e-mail, Facebook e, mais recentemente, WhatsApp.

Como mobilizar a militância

Como eu usava essas ferramentas?

Enviava missões diárias para a militância como, por exemplo, assistir e compartilhar conteúdos, organizarem um evento de rua, alertar a campanha para ações de guerrilha de outros candidatos, entre outros.

Geralmente, as missões são precedidas por reuniões presenciais, que explicam como o trabalho ocorrerá, o que precisam saber sobre a campanha, o que se espera desses militantes, quais as tarefas que serão empregadas e como eles devem se organizar.

Quando bem organizada, a ativação é feita por grupos, que são definidos por interesse em temas, regiões ou funções em campanha. Essa organização é fundamental para que as pessoas não façam tarefas duplicadas, nem se confundam mediante outras ações.

Por trás da mobilização

Com essas informações acima, imagino que já conseguiu entender que será preciso ter profissionais dedicados a esse trabalho. Redatores, analistas de relacionamento, designers e analistas de CRM.

Sinto dizer, mas todo esse trabalho até hoje só pode ser feito manualmente. Até a presente data, nenhuma plataforma de mobilização de militantes se mostrou ideal.

Para organizar a comunicação, posso usar Mailchimp para envio de e-mails, E-goi para envio de SMS, BeMoby para WhatsApp, além de outras.

O aplicativo ideal

O que não consegui em canto algum? Uma plataforma que enviasse notificação PUSH para a tela de usuários de celular. Claro que para ter notificação PUSH o usuário teria que fazer o download de um aplicativo, mas isso não é problema dado que meu foco não é o eleitor comum, mas sim o militante.

Todas as ferramentas que testei até o momento não entregaram a notificação PUSH como eu gostaria, em todos os tipos de sistema operacionais com comandos para ações em aplicativos de terceiros.

O que eu recomendo que você faça? Antes de contratar uma ferramenta:

  1. Peça um teste e instale em 50 aparelhos celulares, de diversas marcas e modelos
  2. Teste distribuindo missões como citei acima
  3. Verifique a entrega das mensagens e o controle de tarefas
  4. Assegure-se sobre onde estão armazenados os dados dos usuários
  5. Teste o painel administrativo e certifique-se que fornece as informações que você precisa
  6. Confira as opções de segmentação
  7. Avalie se as informações de georeferenciamento são verdadeiras
  8. Garanta a qualidade na exportação de bases de dados.

Depois de tudo isso, se atende os requisitos, contrate! E se for bom, seja gentil comigo e me conte 🙂

 

Quer aprender a planejar e executar cada ação de marketing político?

Tudo o que escrevi até aqui foi baseado nas minhas experiências e é o que costumo falar para quem me procura em busca de ajuda para se tornar um profissional melhor.

Agora, no aspecto mais técnico da coisa, recomendo o Guia do Marketing Político a todos que trabalham na área ou se interessam pelo tema. O Guia tem um conteúdo muito variado, de e-gov a planejamento de campanha eleitoral e, além disso, está sempre disponível para consultas rápidas sobre dúvidas que surgem no dia a dia.

Saiba mais sobre o Guia do Marketing Político:

Gostou do conteúdo? Faça parte da minha lista de transmissão no WhatsApp enviando uma mensagem para (61) 99815-6161 e receba materiais sobre comunicação e marketing político.

Marcelo Vitorino

Marcelo Vitorino

Flipboard

Professor na ESPM e consultor de comunicação e marketing digital, reúne experiência no marketing corporativo, eleitoral, institucional e político. Costumo enviar conteúdos de comunicação e marketing político por WhatsApp. Caso queira receber, basta adicionar o meu número (61) 99815-6161 na sua lista de contatos e me mandar uma primeira mensagem com seu nome.

leia mais

Mais artigos do autor:

rede social politica Leia mais

11 de março de 2019

Marcelo Vitorino

Se parlamentares forem pressionados a fazer política com o Facebook na mão, deixaremos a democracia de lado e entraremos em uma era de escuridão.

urna eletrônica que será usada na eleição para vereador em 2020 Leia mais

12 de novembro de 2018

Marcelo Vitorino

A eleição presidencial de 2018 teve todo tipo de fato bizarro: atentado a presidenciável, confusões em debates, candidato preso e mais. Clique e leia.

Artigos Relacionados:

Imagem de uma cidade com o texto:5 artigos sobre anúncios on-line para comunicação política Leia mais

05 de dezembro de 2019

Avatar

Utilize todo o potencial dos anúncios on-line para otimizar a comunicação de mandatos e campanhas eleitorais. Confira algumas dicas!

Letras formando a palavra Twitter Leia mais

04 de novembro de 2019

Avatar

Anúncios políticos não são o problema. O Twitter deveria tomar medidas para combater as redes de perfis falsos e bots que tentam manipular o debate público.