Informação e reputação digital

Manter-se informado é primordial para quem vive em sociedade. Afinal, sem informação ou com informação desqualificada, podemos ser vítimas das mais variadas adversidades.

Na área política, onde constantemente verifica-se um excesso de informações e de informações falsas, políticos e profissionais do ramo são afetados por ambas, tanto para o bem quanto para o mal.

Esse excesso de conteúdos ocorre pela necessidade de chamar a atenção a qualquer preço. O ônus, neste caso, vem por conta de que para buscar o que desejam, muitos enchem seus canais com mensagens que, ao invés de lhes ajudar, prejudicam sua comunicação como um todo.

Selecione boas fontes de informação

Diante disso, a seleção das fontes de informação não deve ser menosprezada. Essa escolha é uma tarefa contínua, porém fortalecedora em nível pessoal e coletivo.

Uma pesquisa apontou que 41% dos brasileiros usam veículos jornalísticos na internet para ler notícias. O estudo mostrou ainda que 27% utilizam TV e rádio, 16% redes sociais e 13% veículos impressos.

Esses dados evidenciam a importância da construção da reputação digital, especialmente para além das redes sociais. Uma presença online efetiva passa, primordialmente, pela forma como está inserida em páginas, veículos de imprensa e buscadores online.

Reputação digital

Porém, para que seja possível obter efetividade é preciso pensar e construir a reputação digital com a obtenção de resultados no médio e longo prazo. Ou seja, cada ação realizada leva tempo para gerar a notoriedade desejada.

Portanto, políticos que almejam a próxima eleição e que desejam estar nesse espaço, já deveriam ter começado a trabalhar para tanto. A confiança gerada por meio de um conteúdo publicado em veículos na internet- como visto- é um ponto forte que deve ser considerado.

Alessandra Fedeski

Alessandra Fedeski

Jornalista, formada pela UNISINOS, consultora de marketing político, com experiência junto à equipe de comunicação em três campanhas eleitorais (2014, 2016 e 2018)

leia mais

Mais artigos do autor:

Leia mais

17 de maio de 2021

Alessandra Fedeski

As particularidades do Twitter o colocam em uma posição de potencial fonte para profissionais do marketing político e mesmo para políticos já em mandato.

Leia mais

12 de maio de 2020

Alessandra Fedeski

Um político populista atua baseado em uma corrente política na qual um líder (teoricamente desprendido de partidos e instituições) representa o povo em uma suposta luta do nós (o povo) contra eles (uma elite poderosa).

Artigos Relacionados:

storytelling comunicação politica Leia mais

23 de setembro de 2021

Fernanda Cornils

Mostre vulnerabilidade da forma correta e experimente um alto poder de engajamento nas redes sociais de políticos.

Leia mais

11 de junho de 2021

Alessandra Fedeski

Selecionar fontes de informação é uma tarefa que não deve ser menosprezada, ainda mais por quem presa por uma reputação digital de qualidade e efetiva.