3 iniciativas para melhorar a comunicação e o marketing digital de prefeituras

É muito comum prefeituras e governos enfrentarem dificuldades no momento de definir diretrizes para a comunicação digital. Dúvidas sobre o tom a ser adotado, em quais redes criar um perfil ou como estruturar uma equipe são recorrentes e justificáveis.

A forma de se comunicar muda a todo momento e, por isso, fui chamado para um trabalho de estruturação de toda a parte digital da comunicação de uma prefeitura fluminense. E é sobre este trabalho que quero falar hoje. 

Comunicação de prefeituras e governos ao redor do mundo

Para embasar e nortear o trabalho que foi realizado, além de verificar se os canais cumpriam requisitos básicos de unidade estética, encontrabilidade em mecanismos de busca, boa usabilidade e acessibilidade, fiz uma busca por bons exemplos de comunicação governamental em todos os seus níveis, não apenas no âmbito municipal. 

Este estudo deu origem a um material rico e cheio referências de comunicação de grandes cidades do mundo , que atualmente integram os conteúdos do curso de  e-gov da Presença Online, desenvolvido para quem deseja melhorar o posicionamento de instituições e governos na internet. Ele também faz parte dos conteúdos disponíveis para os assinantes do Guia do Marketing Político

Pois bem, só após estes estudos pude fazer um diagnóstico e definir quais seriam os próximos passos. 

Desafios de comunicação da prefeitura

Após um estudo dos canais, encontrei três falhas principais que comprometiam muito a entrega dos conteúdos aos munícipes:

1. Falta de unidade na comunicação da prefeitura 

É comum que as diversas secretarias, empresas públicas e órgãos municipais tenham seus canais diretos de comunicação com a população, e, com isso, de forma equivocada, realizam seus trabalhos de forma individualizada. Em algum momento essa descentralização pode descredibilizar as informações oficiais, justamente pela ausência de unidade. Para solucionar este problema, levei um tempo desenvolvendo, em conjunto com a agência responsável pela área, um guia de identidade visual.

2. Pouca cultura digital de profissionais da gestão

Há alguns anos atrás a internet até podia ser considerada uma terra sem lei, mas atualmente, ela é um grande coletor de impressões digitais, que acompanha suas ações e quebra a barreira entre o que é conteúdo pessoal e o que é profissional

Essa confusão sobre conduta de agentes públicos nas redes sociais e na forma como o SAC deve ser realizado nos canais oficiais, evidenciou a necessidade da construção de um manual de boas práticas. Fui um pouco além neste material e busquei exemplificar os bons e os “maus” comportamentos no ambiente virtual, a Netiqueta, como costumo chamar.

3. Site institucional com usabilidade ruim e pouco indexado no Google

A plataforma utilizada no portal do município não gerava indexação para os mecanismos de busca, fazendo com que os cidadãos que buscassem por temas afins à prefeitura acessassem portais de terceiros. O acesso mobile, por meio de aparelhos celulares, também apresentava falhas. Além disso, não era acessível, não privilegiava os serviços ou seja, não era pensado para o munícipe.

Como você pôde conferir, este foi um trabalho realizado em diversas etapas e desdobrado em três produtos. Independente do tamanho da prefeitura, o ponto central deste case é que essas soluções podem funcionar em qualquer prefeitura ou governo

Baixe aqui o Guia de identidade visual e o Manual de boas práticas!

 

 

 

Gostou deste conteúdo? Assine nossa newsletter e fique por dentro de novos artigos sobre Marketing Político ⬇⬇⬇

Marcelo Vitorino

Marcelo Vitorino

Flipboard

Professor na ESPM e consultor de comunicação e marketing digital, reúne experiência no marketing corporativo, eleitoral, institucional e político. Costumo enviar conteúdos de comunicação e marketing político por WhatsApp. Caso queira receber, basta adicionar o meu número (61) 99815-6161 na sua lista de contatos e me mandar uma primeira mensagem com seu nome.

leia mais

Mais artigos do autor:

Como planejar uma campanha eleitoral na internet Leia mais

31 de janeiro de 2018

Marcelo Vitorino

Como planejar o uso da internet para campanha eleitoral? O Prof. Marcelo Vitorino lista os principais pontos do marketing digital eleitoral.

Crivella discursa em carro de som durante campanha eleitoral para a prefeitura do Rio de Janeiro Leia mais

30 de abril de 2017

Marcelo Vitorino

O marketing político digital está evoluindo. Veja como Crivella usou a comunicação digital e as redes sociais para vencer a eleição do Rio de Janeiro.

Artigos Relacionados:

imagem de um homem como um megafone para representar a mobilização política Leia mais

14 de maio de 2019

Fabricio Moser

Para as eleições de 2020, políticos e partidos deverão estabelecer desde já estratégias claras de mobilização para formação de suas próprias militâncias.

Leia mais

13 de maio de 2019

Avatar

Conheça Mariah Sampaio, coordenadora do movimento Elas no Poder, idealizadora e participante do seminário Campanha de Mulher. Confira nosso bate-papo!