Por que a mobilização política pode ser a diferença entre ganhar e perder a próxima eleição

Alguns políticos ainda acreditam na máxima de que “é só guardar dinheiro, contratar lideranças no período eleitoral, pagar cabos eleitorais e fazer um bom trabalho de boca de urna” para ganhar a eleição. Mas o último pleito para presidência da República mostrou que o cenário mudou. Não dá mais para usar toda a energia e estrutura apenas no período eleitoral. É preciso investir em planejamento e mobilização política.

Angariar militantes e apoiadores requer tempo e relacionamento. E isso deve ser feito, inclusive, durante o mandato político.

Os dois candidatos a presidente do país que conseguiram chegar ao segundo turno foram os que começaram a organizar suas campanhas anos antes do período eleitoral.  Eles reuniram em torno de si e de seus ideais um número enorme de militantes e apoiadores. Esse grupo polarizou o debate nas telas dos celulares e nas ações de rua, não deixando espaço para os candidatos que tentaram se construir em cima da hora, no ano da eleição.

Mudança do cenário político e a importância da mobilização

O cenário mudou e a população está mais atenta. Se antes as pessoas falavam de Política apenas no período da eleição, hoje esse debate acontece diariamente. Ter pessoas organicamente engajadas na defesa ou ataque de posições no grupo da família, na reunião de moradores de um bairro ou no almoço do trabalho faz cada vez mais diferença para alcançar o resultado positivo na próxima eleição.

imagem de um homem com um megafone representando um ato de mobilização

Essas pessoas, sejam filiadas a partidos políticos ou apenas simpatizantes das causas e dos candidatos, se organizadas dentro de um método de mobilização estarão prontas para a defesa nas batalhas virtuais e nas ações de rua.

Diferente de cabos eleitorais pagos, esses indivíduos são convencidos pela mensagem do candidato e estão dispostos a participar de ações políticas porque se identificam com a causa, se sentem motivados e têm orgulho de estarem atuando de forma gratuita quando vão para as ruas.

Mas o fato de pessoas estarem de forma gratuita na construção da imagem do político não significa que o resultado aconteceu de graça. Pelo contrário.  O engajamento delas é fruto do trabalho de uma equipe especializada em mobilização.  Não se monta um exército sem estrutura.

O político precisa ter uma pessoa especializada na captação e no relacionamento com o cidadão. É preciso fazer um mapeamento dos militantes e simpatizantes, produzir o planejamento estratégico e o plano de ações voltados especificamente para esse grupo, com metas claras de onde se deseja chegar.

2020 é logo ali e o calendário de mobilização merece atenção

Políticos, assessores, candidatos e coordenadores de campanha precisam dar atenção para a mobilização política. Esse instrumento, em conjunto com a comunicação, ajuda a levar a mensagem cada vez mais longe e constrói um verdadeiro exército capaz de vencer as batalhas que mandatos e candidaturas enfrentam diariamente.

Falei sobre o tema no Seminário de Comunicação Política em Mandatos, na Câmara do Deputados:

É preciso compreender que a militância, que até então se encontrava nas listas de filiados e era acionada a cada dois ou quatro anos para ajudar nas eleições, agora precisa ser ainda mais valorizada. É necessário realizar encontros periódicos e  promover treinamentos para o uso de novas estratégias e ferramentas para que a  militância esteja atenta vinte e quatro horas e seja atuante em todos os espaços sociais, seja na festa de aniversário do filho, seja na tela do seu celular.

“Como me preparar para as próximas eleições?”

No dia 25 de maio ministrarei, em Brasília,  o curso Estratégias de Mobilização Política e Engajamento, que vai te ajudar a planejar e construir uma estrutura de Mobilização Política através de práticas, estudo de casos de relevância, uso das ferramentas digitais e tradicionais.

Após esta experiência você terá embasamento para desenvolver seus  projetos e estará preparado para  gerir crises e, com certeza, para o sucesso de seu próximo projeto eleitoral. Então, tome nota:

Valores e matrícula

Primeiro lote: R$ 490,00 até 26/04

Segundo lote: R$ 690,00 de 27/04 a 22/05

Terceiro  lote: R$ 890,00 de 23/05 a 25/05

Carga Horária

8 h/aula presencial

Sábado das 08:30 às 17:30h (com 1 hora de intervalo)

Local do Curso:

Hotel Nacional

SHS Quadra 1 – Bloco A – Asa Sul

Brasília – DF, 70322-900

 

Aproveite os valores promocionais para o primeiro lote! 

 

Gostou deste conteúdo? Assine nossa newsletter e fique por dentro de novos artigos sobre Marketing Político ⬇⬇⬇

Fabricio Moser

Fabricio Moser

Fabrício Moser é palestrante, Professor, Consultor em Marketing Político Eleitoral e especialista em Oratória. Atua em campanhas eleitorais desde 1994 com expertise em planejamento, organização e treinamento da militância. Em 2016, foi vitorioso em 5 eleições municipais das quais era consultor. Em 2018, fez parte da Coordenação de Mobilização da campanha presidencial de Geraldo Alckmin, onde treinou militantes em todas as regiões do país.

leia mais

Mais artigos do autor:

Imagem de um auditório onde aconteceu o seminário de comunicação de mandato e o tema mobilização política foi abordado pelo palestrante Fabrício Moser Leia mais

24 de abril de 2019

Fabricio Moser

A comunicação política mudou e o peso de uma boa estratégia de mobilização também. Hoje, a palavra chave do sucesso nas urnas é RELACIONAMENTO. Saiba mais!

imagem de um homem como um megafone para representar a mobilização política Leia mais

14 de maio de 2019

Fabricio Moser

Para as eleições de 2020, políticos e partidos deverão estabelecer desde já estratégias claras de mobilização para formação de suas próprias militâncias.

Artigos Relacionados:

pesquisa no facebook Leia mais

28 de julho de 2019

Avatar

Utilizar informações do Facebook para pesquisa tem sido uma prática cada vez mais frequente no planejamento de marketing político. Saiba mais sobre o tema.

séries sobre comunicação política Leia mais

19 de julho de 2019

Avatar

Trabalha com comunicação política ou gosta do tema? A Netflix tem alguns títulos bem interessantes. Veja alguns que separei para você!