Uso de Facebook e Instagram em campanha eleitoral: erros e acertos que já conhecemos

Desde a eleição de Barack Obama à presidência dos Estados Unidos da América, em 2008, ouvimos falar na importância do uso de redes sociais nas campanhas eleitorais, e a cada pleito brasileiro surgem os gurus que cravam: é a vez do digital! Acontece que, durante todos estes anos, candidatos que estavam acostumados aos moldes tradicionais de fazer campanha menosprezaram os canais digitais e ainda continuaram a ter bons resultados de urna, o que fez este discurso perder força por um tempo.

Entretanto, dessa época para os dias atuais, tivemos reformas políticas que alteraram drasticamente a legislação eleitoral brasileira. As mudanças evidenciam uma tendência de diminuição dos custos de campanhas eleitorais, e a liberação de ferramentas digitais para se fazer comunicação política está diretamente ligada a isso. Em 2008, por exemplo, sequer podíamos usar redes sociais populares da época, como Orkut, para fazer campanha. Era proibido.

Em 2018, além da permissão de se usar as redes, podemos pagar para atingir usuários dentro das plataformas sociais, como Facebook e Instagram, mudando totalmente o grau de importância destes canais nas estratégias de campanha eleitoral e diminuindo muito o custo de impacto por eleitor.

Com este novo cenário, enfraquece a ideia de que apenas o dinheiro na rua faz um candidato ser eleito.

Os parágrafos acima introduzem o tema tratado pela profa. Natália Mendonça em seu artigo Campanha eleitoral no Facebook e no Instagram: erros e acertos que já conhecemos, que faz parte do livro Quem é o eleitor conectado? Análises segmentadas e ferramentas de comunicação para campanhas políticasdisponibilizado gratuitamente para download.

Para debater o uso do Facebook e Instagram na campanha eleitoral, a escola de marketing e comunicação política Presença Online, realiza nesta quinta-feira, mais um evento da Semana Eleitor Conectado, com a participação de Natália Mendonça e Francisco Verri.

A Semana Eleitor Conectado é uma série de eventos ao vivo, de 15 a 22 de setembro, que discute estratégias de marketing político. Todos os dias, dois especialistas participam da discussão, com a mediação da pesquisadora da Universidade de Brasília Maíra Moraes, coordenadora do Comitê Científico da pesquisa nacional sobre o perfil do eleitor conectado brasileiro.

Acompanhe as lives da Semana Eleitor Conectado

17/09 (19h30) – Campanha eleitoral no Facebook e no Instagram: erros e acertos que já conhecemos, com Natália Mendonça

Natália Mendonça argumenta que as redes sociais são ferramentas essenciais para as candidaturas, desde que usadas com foco no relacionamento e no entretenimento dos públicos, e não meramente como canais de informação sobre os políticos. A publicitária elenca pontos relevantes sobre produção, direcionamento e impulsionamento de conteúdos e reitera a necessidade de se conhecer as leis que regem essas práticas.

Sobre Natália Mendonça

Publicitária especializada em marketing digital com dez anos de experiência no mercado de marketing político. Atua com foco na área de mídia on-line e análise de dados (web e social analytics) para entrega de resultados com uso de ferramentas digitais.

17/09 (20h) – Instagram: aproximando o candidato ao eleitor nos pequenos e médios municípios, com Francisco Verri

O professor Francisco Verri constrói um guia sobre como fazer do aplicativo uma ferramenta para fortalecer a identidade do candidato e para promover sua biografia, sua plataforma de campanha e suas opiniões sobre temas atuais. Voltado especificamente para eleições em pequenos e médios municípios, o autor valoriza a humanização do candidato e a construção de vínculos com o usuário, além de reunir dicas úteis para a produção de textos, vídeos, cards e fotos para a plataforma.

Sobre Francisco Verri

Professor, pesquisador e interessado nas eleições dos pequenos e médios municípios. Mestre em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e doutorando em Comunicação pela Universidade de Brasília (UnB). Autor de pesquisas que investigam coberturas governamentais e a competição eleitoral em cidades com até 100 mil habitantes. Dedica-se aos estudos sobre mídia e política.

Saiba mais sobre a Programação Completa da Semana Eleitor Conectado

Avatar

Fernanda Camargos

Flipboard

Publicitária especializada em Marketing pela USP, atuou na gestão da comunicação digital de mais de 10 clientes dos mais diversos cargos eletivos. Atualmente trabalha com foco na área de análise de dados, construção de reputação digital e relacionamento com o eleitor.

leia mais

Mais artigos do autor:

foto do autor Felipe Tonet durante uma campanha política para ilustrar seu trabalho com crowdfunding em campanhas eleitorais Leia mais

30 de setembro de 2019

Avatar

A coluna "Por dentro do Marketing Político Hoje" entrevistou Felipe Tonet, que falou sobre a importância do crowdfunding para as eleições de 2020. Confira!

como fazer transmissão ao vivo com o candidato Leia mais

11 de fevereiro de 2020

Avatar

Transmissões ao vivo podem parecer simples e espontâneas, mas na realidade demanda planejamento, divulgação e outros elementos. Descubra agora!

Artigos Relacionados:

Leia mais

17 de setembro de 2020

Avatar

Para entender o interesse do eleitor sobre o candidato e a disposição para o voto em legenda, participe do evento gratuito realizado pela Presença Online.

Leia mais

16 de setembro de 2020

Avatar

Assista os especialistas da escola de marketing e comunicação política Presença Online, para entender o uso do Facebook e Instagram na campanha eleitoral.