GIF com um garoto chorando ao se lembrar de seu trabalho, uma referência bem humorada para quem começará a trabalhar com marketing político.

Como já fiz essa transição, vou te ajudar a compreender algumas coisas que, se alguém tivesse me dito lá atrás, tudo seria um pouco menos complicado. Vamos lá!

Um recado aos marinheiros de primeira viagem no marketing político

As dicas que virão a seguir não falam sobre ferramentas e planos estratégicos, elas tratam de uma mudança de hábitos, crenças e mentalidades que podem te atrapalhar muito nessa nova fase. Todo o embasamento deste conteúdo é empírico, por isso sugiro que aproveite aquilo que fizer sentido para a sua realidade.

Sempre tem alguém pra dizer que se conselho fosse bom era vendido, mas prefiro acreditar que profissionais podem e devem ajudar na construção de um mercado menos austero para quem está “de chegada”.

Dicas para trabalhar com marketing político

Os políticos não são todos iguais

Provavelmente você saiu de um cenário tradicionalmente corporativo que não é lá muito ligado em política e acompanha as notícias via amigos do Facebook. O primeiro passo para você entrar nesse mundo é despindo-se dos preconceitos e acompanhando a política sem a veia passional.

O peixe morre pela boca

Ao entrar de alguma forma no meio político, você consequentemente terá acesso a algumas informações privilegiadas e deve aprender a guardá-las com você. Pode parecer legal contar vantagem entre os amigos ou até mesmo em casa, mas confiança é uma coisa que só se perde uma vez.

Informe-se!

Sim, acorde cedo, ligue no noticiário e também ative o Google Alerts para todos os temas que possam afetar seu cliente. De secretária a designer, todos devem estar por dentro do cenário.

Cara crachá

Nomes e cargos são fundamentais. Exercite sua memória e comece a decorar essas informações. É uma dica de ouro! Salvar seu cliente de uma saia justa por conta do esquecimento de um nome pode te dar muitos pontos…

Seja disponível

Ter MBA não te impede de pegar um café ou entregar um cartão de visitas. Neste meio, a disponibilidade faz toda a diferença. Políticos em geral, não gostam de esperar e adoram se sentir paparicados. E quem não gosta?!

Leia

Existe um mar de conteúdo sobre o assunto e você precisa mergulhar de cabeça nessa pesquisa. Visite blogs e leia artigos para encontrar conteúdos referenciados e com um embasamento mais sólido. O livro Coisas que todo profissional que quer trabalhar com marketing político digital deveria saber é de leitura obrigatória e vai te ajudar a encurtar alguns caminhos. Pode confiar!

Perfis de marketing político para acompanhar

Alguns grupos e páginas no Facebook debatem o tema marketing político e muitas vezes trazem ferramentas, cases e materiais que podem nos ajudar. Anote aí:

Entusiastas da Social Media

Entusiastas da Propaganda Política

Associação Brasileira de Comunicação e Marketing Político Digital

Marcelo Vitorino

Bem, aí estão algumas coisas que aprendi e que sugiro que você leve em conta sempre que for trabalhar com política. Para te dar mais uma mãozinha, fiz um texto com 10 ferramentas úteis para quem trabalha com marketing político, vale conferir!