Dicas de marketing político: como produzir bons conteúdos sobre Emendas Parlamentares

Parlamentares do legislativo de todas as esferas compartilham os mesmos problemas quando o assunto é a comunicação com o eleitor. De senadores à deputados estaduais, respeitadas as particularidades de cada posto, assessores de comunicação enfrentam diariamente o desafio de produzir e divulgar bons conteúdos sobre as atividades e destinação de emendas parlamentares que se repetem ao longo dos mandatos.

Publicações que tratam sobre projetos de lei, emendas parlamentares, empenhos, convênios, discursos em plenário, participação em comissões e audiências públicas são atividades cotidianas no mundo político, mas que se não passarem por um processo de “tradução”, acabam não fazendo sentido para o público prioritário, que é o eleitor.

Quando comecei a trabalhar como assessora política, percebi a dificuldade que tinha em produzir conteúdos criativos e atrativos sobre essa rotina. Como são atividades corriqueiras, acabava produzindo muitos textos sem narrativa alguma, materiais gráficos e audiovisuais repetitivos e pouco interessantes, que não tinha o que é preciso para prender a atenção das pessoas. Dentre todas as atividades que já mencionei até agora, a destinação das verbas de emendas parlamentares, sem dúvidas, é a que mais demanda esforço e atenção.

O que são emendas parlamentares?

Diferente de um projeto de lei, por exemplo, que pode levar anos a fio para ser aprovado e acabar entrando em vigor, as emendas têm um efeito mais rápido e chegam de forma mais palpável até a população, daí a necessidade de melhorar a forma de comunicá-las.

Mas para publicar tais informações, é preciso que os profissionais de comunicação compreendam as etapas do processo de destinação de emendas, as fases de liberação dos recursos e perspectiva de pagamento por parte do poder executivo. Explico.

Apesar de cada membro do legislativo estadual e federal ter direito a essa indicação orçamentária, não existem garantias de que os repasses dos governos ou da União sejam realizados. Deu para entender como isso é importante para o processo?

Se uma emenda for divulgada para a população antes da confirmação de seu empenho, existe o risco de que as benfeitorias não aconteçam e a imagem do parlamentar fique desgastada perante seus eleitores.

Foi então que percebi que era preciso sistematizar as informações e criar um esquema para facilitar a criação desse material e dar publicidade à destinação de recursos para os municípios.

infográfico que mostra o caminho das emendas parlamentares que serao utilizadas no marketing político

Exemplo do caminho da emenda na esfera estadual

Como divulgar Emendas Parlamentares

Antes de mais nada, é preciso compreender de que toda comunicação política deve ter um objetivo claro que, no caso das emendas parlamentares, é mostrar ao eleitor que existe um representante eleito que vê as suas dores e trabalha para saná-las.

Com isso em mente, a primeira pergunta que deve ser feita antes da produção de materiais sobre emendas parlamentares ou qualquer outra atividade legislativa é: Qual é o problema que essa ação resolve?

Um exemplo bem real e bastante comum é a destinação de emendas para a área da Educação, como a aquisição de ônibus ou vans escolares. O que estamos comunicando aqui?

Grande parte dos profissionais de comunicação não pensaria duas vezes antes de preparar uma arte com o valor da benfeitoria em letras garrafais e nada mais. Uma mensagem fria, sem empatia e que, para o público alvo pode parecer distante. Que eleitor médio sabe exatamente o que são R$500.000,00? O que isso significa para ele?

Quando partimos do problema que a destinação da verba ajuda a resolver, conseguimos trabalhar melhor as narrativas e falar uma linguagem mais próxima do cidadão, evidenciando os benefícios e mostrando de forma objetiva como a vida das pessoas será transformada com a chegada do novo transporte.

É preciso mostrar na mensagem o “caminho da emenda”, ou seja, no caso do transporte escolar, dizer se era uma promessa de campanha ou se foi um pedido de um grupo da sociedade. Além disso, vale evidenciar a abrangência da ação, com números que retratem a distância percorrida pelos estudantes de casa até escola, o que a redução no tempo d deslocamento pode significar na vida dos beneficiados ou quantos jovens passaram frequentar as aulas depois da iniciativa. Neste caso, contamos histórias para humanizar os números.

Preparei este exemplo que carrega uma narrativa, traz a abrangência do problema e um horizonte para a solução do problema:

exemplo material emendas parlamentares marketing político

Conseguiu enxergar as etapas da construção? Este é o caminho! 

Já a segunda pergunta a ser feita é: Como era antes e como ficou depois? É preciso deixar claro para o público da sua mensagem a comparação do antes e depois, você pode utilizar fotos comparativas, depoimentos de pessoas que já sentiram a melhoria ou um texto que utilize este recurso, como no exemplo abaixo:

Sabe o que acontecia quando um dos 65 mil moradores de Birigui precisava visitar um oncologista? Tinha que chamar uma ambulância de outra cidade ou dependia da boa vontade de alguém para ajudar no transporte.

Essa foi a realidade de muitos pacientes até a semana passada. Há cerca de um ano, o prefeito Zequinha veio ao meu gabinete, em Brasília e me contou alguns casos que me deixaram muito preocupado.

Destinei uma emenda que foi o suficiente para que o hospital municipal recebesse 3 ambulâncias completamente equipadas, ficando sob a responsabilidade do município a manutenção e o atendimento a população.

Em breve devo visitar Birigui e quero ver pessoalmente os veículos e, se possível, conversar com os pacientes.

Parabéns a todos os moradores! Podem contar comigo 🙂

Este recurso ajuda as pessoas a visualizarem a relevância dos investimentos, além de relacionarem a melhora na qualidade de vida à uma inciativa do assessorado.

Tudo sobre emendas parlamentares

Publicações regionalizadas das atividades parlamentares

Deputados e senadores possuem recursos anuais para destinarem aos seus estados e municípios, e baseiam a distribuição dessa verba em critérios variados como pedidos de segmentos, bases eleitorais, temas relevantes para seu público prioritário e etc.

Como uma grande parcela da população não será impactada por essas emendas, o ideal é que a divulgação das ações e seus resultados seja focada para a região que, de fato, irá ter contato com as benesses.

O eleitor tende a receber negativamente informações sobre investimentos que não o beneficiam de forma direta ou indireta, tornando a publicação não geolocalizada uma fonte de desgaste desnecessária.

Utilização de influenciadores nas estratégias de divulgação de emendas

parceria com influencer sobre emendas parlamentares marketing político

Carlinhos Maia, o “rei do Instagram”, fez comentários positivos nas redes de JHC durante sua campanha, em 2018.

Quando o político fala bem de uma ação que ele mesmo idealizou, a credibilidade da mensagem pode ficar comprometida, por isso, utilizar aspas ou fazer uma citação de alguma personalidade ou influenciador da região é uma ótima forma de reforçar a relevância e confiabilidade do conteúdo. É preciso escolher alguém que fale a mesma linguagem do público que será beneficiado pela ação do político. Veja o exemplo do influenciador Carlinhos Maia e o deputado federal JHC.

 

O mapa de emendas e a organização das ações do parlamentar

Para facilitar o processo de produção de conteúdos, é válida a criação de um mapa com todas as emendas destinadas pelo parlamentar ao longo dos anos. Além disso, é importante preparar também uma tabela no Excel com o nome da cidade e as lideranças locais. Isso otimiza o tempo e permite que nenhum político da região seja deixado de fora do conteúdo. Caso existam muitos políticos a serem citados em um município, por exemplo, cabe escolher um e mencioná-lo em nome de todos os outros.

💡 Lembre-se: marcar essas pessoas nas postagens das redes sociais ajudam a publicação a obter o alcance desejado.

 

Como comunicar a imprensa sobre a destinação de verbas e emendas

 A equipe de comunicação também deve preparar um release para cada emenda parlamentar, que deverá ser disparado para a imprensa local em uma data oportuna.
Para ajudar na construção do textual é recomendável a utilização de uma planilha 5W2H, que é uma ferramenta de gestão empregada no planejamento estratégico. Ela parte de uma meta para organizar as ações e determinar o que será feito para alcançá-la, por qual razão, por quem, como, quando e onde será feito, além de estimar quanto isso custará. As perguntas a serem feitas antes da construção do texto são:

  • O que será feito?
  • Por que será feito?
  • Onde será feito?
  • Quando será feito?
  • Por quem será feito?
  • Como será feito?
  • Quanto vai custar?
  • Quem será beneficiado com a ação?

Ficou mais fácil agora? Espero que este passo a passo possa te ajudar traduzir essas ações tão importantes e facilitar cada vez o processo de aproximação do seu assessorado com os eleitores.

 

Tainã Gomes de Matos

Tainã Gomes

Jornalista e publicitária especializou-se em marketing digital político na ESPM e Presença Online. Atuou na gestão de comunicação institucional partidária, mais especificamente no segmento feminino. Com experiência em produção de conteúdo voltado para o incentivo à participação das mulheres na política.

leia mais

Mais artigos do autor:

Leia mais

21 de junho de 2019

Tainã Gomes de Matos

Está preparando sua campanha para as eleições 2020? Atenção para as datas do calendário eleitoral 2020 para fazer o seu planejamento de campanha. Confira!

imagem de um teclado com as teclas 2020 para representar as eleições para vereador em 2020 Leia mais

19 de junho de 2019

Tainã Gomes de Matos

Ano que vem acontecerão as eleições municipais no Brasil. Se você quer ser vereador em 2020 é preciso começar a se preparar agora!

Artigos Relacionados:

Logos da rede social LinkedIn Leia mais

23 de setembro de 2019

Avatar

A comunicação política no LinkedIn ainda é pouco explorada no Brasil. A rede pode ser uma ótima ferramenta para políticos e administrações públicas.

Leia mais

18 de setembro de 2019

Tainã Gomes de Matos

Conteúdos políticos, inclusive as emendas parlamentares, precisam de "traduções" para garantir que a mensagem faça sentido para o eleitor. Saiba mais!