Por que os partidos políticos deveriam repensar suas estratégias de comunicação

Semelhante ao mundo empresarial, governos, partidos políticos e organizações de campanha enfrentam o desafio de compreender seu público e criar espaços de projeção para seus líderes/candidatos.

Os partidos políticos podem ser entendidos como uma plataforma abrangente que oferece soluções aos problemas sociais, um fator de suporte e endosso que compõe a imagem de um candidato.

Nessa direção, os candidatos tornam-se as marcas políticas de um partido e assumem à frente e a relação com os eleitores.

Diante de um ambiente digital e descentralizado da produção e disseminação de informações, compreender a relação partido-candidato-eleitor como uma gestão de branding é o que pode contribuir para a sustentação de ideias, projetos e ideologias. Não ter clareza sobre esse contexto pode ter como resultado o fim do partido que, diante as regras eleitorais brasileira, precisa mostrar desempenho, isto é, votos.

O resultado das eleições municipais de 2020 ano já indica um mapa partidário menor. Se considerarmos os cálculos para a cláusula de desempenho desse pleito seis legendas que hoje têm ao menos um deputado federal ficariam sem acesso ao fundo partidário e às propagandas de rádio e TV: Psol, Novo, PCdoB, Pros, PV e Rede.

E o alerta é que a cada eleição tona-se mais difícil para os políticos se comunicarem com seus respectivos públicos-alvo sem uma imagem de marca claramente definida.

Essa discussão está presente no curso de introdução ao Political Branding, desenvolvido pela professora e pesquisadora Maíra Moraes, que tem como objetivo apresentar o conceito de political branding aos profissionais de comunicação e desenvolver competências para aplicar o conceito em ações que possam posicionar adequadamente partidos e políticos em mandatos e disputas eleitorais.

O curso parte de teorias sociológicas para a compreensão do mundo contemporâneo e do eleitor e parte para uma “visão geral estratégica” do papel da marca na política.

Como se inscrever para o curso Introdução ao Political Branding

O curso é gratuito, realizado on-line entre os dias 25 e 29 de janeiro.

Os participantes são certificados pelo Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP).

As inscrições devem ser realizadas neste link.

Programa do curso Introdução ao Political Branding

25 de janeiro (das 19h às 20h30)

Conceitos centrais de identidade, marca, imagem e reputação

A dimensão das trocas simbólicas

26 de janeiro (das 19h às 20h30)

O Papel da Internet

Economia da reputação

Influenciadores digitais

27 de janeiro (das 19h às 20h30)

Political Branding

Branding e posicionamento

Branding e Imagem

28 de janeiro (das 19h às 20h30)

Político é produto?

Political Branding e Marketing de Relacionamento

O que os partidos têm a ver com isso?

29 de janeiro (das 19h às 20h30)

Estratégias de marca  na história política

 

Interessado no mercado de marketing e comunicação política?

Conheça o MBA em Comunicação Governamental e Marketing Política

Avatar

Fernanda Camargos

Flipboard

Publicitária especializada em Marketing pela USP, atuou na gestão da comunicação digital de mais de 10 clientes dos mais diversos cargos eletivos. Atualmente trabalha com foco na área de análise de dados, construção de reputação digital e relacionamento com o eleitor.

leia mais

Mais artigos do autor:

Leia mais

16 de setembro de 2020

Avatar

Assista os especialistas da escola de marketing e comunicação política Presença Online, para entender o uso do Facebook e Instagram na campanha eleitoral.

Leia mais

15 de setembro de 2020

Avatar

[LIVE] Saiba mais sobre as pesquisas de perfis ideológicos e o interesse do eleitor conectado nas redes sociais dos candidatos.

Artigos Relacionados:

Leia mais

05 de abril de 2021

Maíra Moraes

Conhecer história e história política do país é uma das competências fundamentais de bons profissionais no marketing político. Que tal dicas?

Leia mais

21 de janeiro de 2021

Avatar

[CURSO GRATUITO] Saiba mais sobre as estratégias de branding na política. Inscreva-se gratuitamente no curso Introdução ao Political Branding