ESPECIAL MULHERES ELEIÇÕES 2020: Não me encaixo nos requisitos para receber os 30% do Fundo Eleitoral, e agora?

Nos artigos anteriores, esclareci algumas questões, entre elas, se todas as candidatas têm direito aos 30% do Fundo Eleitoral e também sugeri algumas maneiras de como fiscalizar a distribuição destes benefícios.

Expliquei ainda que apenas o fato de ser candidata não garante o acesso aos recursos públicos de campanha, pois a Resolução n° 23.604, aprovada em 2019 pelo TSE, não obriga os partidos a distribuírem o recurso igualitariamente entre as postulantes e dá liberdade às siglas de definirem os requisitos para essa divisão.

As novas regras a respeito do financiamento de campanhas de mulheres geraram e ainda geram muitas dúvidas entre as candidatas como, por exemplo:

Não me encaixo nos requisitos para receber os 30% do Fundo Eleitoral, e agora?

 

Calma! Nem tudo está perdido!

Muitos partidos oferecem outros benefícios sem ser financeiros. Assistência contábil, jurídica, cursos online, material gráfico, assessoria de comunicação, apoio nas redes sociais e até mesmo assistência psicológica para mulheres que querem ser representantes da sociedade.

Por isso, é tão importante estar por dentro de todos os recursos que a legenda tem à disposição das candidatas.

Assistência contábil

A prestação de contas de campanha é exigida para todas as candidatas que participaram das eleições. O objetivo é verificar a regularidade na arrecadação e aplicação dos recursos de campanha para preservar a transparência das transações financeiras, além de impedir a ocorrência irregularidades.

A maioria dos partidos oferece este serviço a todos que irão concorrer a um cargo eletivo. Procure o saber como acessar este serviço, afinal, você já chegou até aqui e não quer ter problemas futuros!

Assistência Jurídica 

Candidatas necessitam de aconselhamento jurídico a partir da definição que irão disputar as eleições. A assessoria jurídica eleitoral esclarecerá os prazos em andamento, como, por exemplo, de filiações, desfiliações, descompatibilização, uso das redes sociais na pré e durante a campanha, entre outros. O seu partido certamente tem um advogado eleitoral para te orientar. Fique muito atenta a isto!

Cursos on-line para candidatas 

Com a atual situação que estamos vivendo, devido à pandemia da Covid-19, a maior parte dos treinamentos estão acontecendo virtualmente, inclusive a capacitação de candidatas.

Os partidos políticos investiram em plataformas, cartilhas e cursos com o objetivo de prepará-las para, talvez, a primeira eleição virtual da história. Procure as lideranças partidárias e peça acesso aos treinamentos.

O  partido Solidariedade do Rio de Janeiro, por exemplo, em sua frente Solidariedade Mulher, oferece o curso Eu Vereador para todas as mulheres pré-candidatas à vereança. A presidente Noeli Becker, defende que “a formação das candidatas é o primeiro passo para ampliar o número de mulheres eleitas no próximo pleito”.

Se sua sigla não ofereça esta opção, procure você mesmo! Você já ouviu falar do Guia do Marketing Político?

Material Gráfico para campanha eleitoral 

É comum os partidos oferecerem um kit de campanha para as candidatas que quiserem material gráfico como, fotos profissionais, santinhos, identidade visual, vídeos, logomarcas e até jingles!

Não perca a chance de fazer uma boa campanha e usufrua de todos os recursos que estão à sua disposição!

Assessoria de comunicação

Geralmente os segmentos femininos partidários possuem uma assessoria de comunicação própria que cuida de todas as candidatas. Se este não for o caso do seu partido, a assessoria geral da sigla deve oferecer este suporte que pode incluir apoio digital para sites e redes sociais.

Assistência psicológica focado nas candidatas

A pressão psicológica de ser mulher e disputar uma eleição é um relato frequente entre as candidatas. Sabemos que para enfrentar uma campanha é preciso disponibilidade de tempo e a possibilidade de dedicação total aos compromissos de campanha.

Nos dias de hoje, em que as mulheres vivem uma sobrecarga de tarefas, este fator pode representar um problema. O comprometimento com as atividades e o enfrentamento à predominância masculina ainda existente no ambiente político-partidário podem trazer à tona conflitos internos que não devem ser menosprezados. Alguns partidos políticos têm esse serviço para oferecer as candidatas. Procure ajuda e não desista!

O que os partidos podem e devem fazer para fortalecer as candidatas?

Este será o tema do meu último artigo deste especial que será publicado na semana que vem! Se este assunto te interessa, acompanhe os próximos textos. Até lá!

 

Tainã Gomes de Matos

Tainã Matos

Jornalista e publicitária especializou-se em marketing digital político na ESPM e Presença Online. Atuou na gestão de comunicação institucional partidária, mais especificamente no segmento feminino. Com experiência em produção de conteúdo voltado para o incentivo à participação das mulheres na política.

leia mais

Mais artigos do autor:

Como fiscalizar a distribuição dos 30% do Fundo Eleitoral para campanhas femininas? Leia mais

13 de julho de 2020

Tainã Gomes de Matos

Neste artigo, pretendo responder a pergunta: como fiscalizar a distribuição dos 30% do Fundo Eleitoral para campanhas femininas e sugerir ações propositivas

Leia mais

01 de julho de 2020

Tainã Gomes de Matos

Muitas candidatas acham que o acesso aos recursos públicos de campanha é generalizado, mas será que todas têm direito aos 30% do Fundo Eleitoral?

Artigos Relacionados:

Leia mais

16 de julho de 2020

Alfredo Freitas

A Lei garante a participação de todos na política, mas as mulheres continuam sendo minoria. O que muda com o fim das coligações proporcionais?

Como fiscalizar a distribuição dos 30% do Fundo Eleitoral para campanhas femininas? Leia mais

13 de julho de 2020

Tainã Gomes de Matos

Neste artigo, pretendo responder a pergunta: como fiscalizar a distribuição dos 30% do Fundo Eleitoral para campanhas femininas e sugerir ações propositivas